A HISTÓRIA DE ANDRESSA, A BARCARENENSE CONVOCADA PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA DE NATAÇÃO PARALÍMPICA


A HISTÓRIA DE ANDRESSA, A BARCARENENSE CONVOCADA PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA DE NATAÇÃO PARALÍMPICA
A HISTÓRIA DE ANDRESSA, A BARCARENENSE CONVOCADA PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA DE NATAÇÃO PARALÍMPICA

Natural de Barcarena, a atleta Andressa Pinheiro, de 15 anos, foi convocada esta semana, para integrar a fase de treinamento da Seleção Brasileira Sub-18 de Natação Paralímpica, que ocorrerá em São Paulo, entre os dias 3 e 9 de março. Em todo país, apenas 28 atletas foram convocados.

Única representante do norte do Brasil na categoria, o reconhecimento do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) chega após três anos de dedicação aos treinos e mais de 40 medalhas, de ouro e prata, em competições nacionais. 

Andressa tem deficiência intelectual e é estudante da 8ª série da rede municipal de Barcarena, integrando, também, o Projeto Escolar Paralímpico, desenvolvido pela prefeitura do município, por meio da Secretaria Municipal de Educação. A iniciativa existe há quinze anos e colabora para promover a inclusão e o empoderamento de alunos com deficiência, além de ajudar na revelação de novos talentos para o esporte.  

Ao ser informada da convocação, a surpresa foi tão grande que a atleta quase não acreditou, mas agora já faz planos para os treinos e quer representar muito bem o Estado. “Espero render bastante para me destacar e chegar às olimpíadas, que é meu principal objetivo. Representar o Pará e Barcarena é um orgulho pra mim”, afirmou enquanto colocava várias medalhas no pescoço. 

O que começou como um passatempo, hoje é uma meta de vida. Ela treina três vezes por semana e se dedica com a mesma intensidade aos estudos, pois tirar boas notas é imprescindível para continuar no projeto. De acordo com a mãe da atleta, mais do que vencer no esporte, Andressa venceu na vida. “Ela era uma garota tímida e não conseguia se concentrar nem tirar boas notas, mas até isso a natação mudou. A gente só não imaginava que ela fosse tão longe”, disse a autônoma Andreia Pinheiro.

Em 2018, Andressa foi destaque em duas competições nacionais - Paralimpíadas Escolares e Circuito Caixa – promovidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, trazendo para o estado mais de dez medalhas, entre ouro e prata. Com o apoio da prefeitura de Barcarena, a atleta segue para São Paulo no início de março para representar o Pará na Seleção Brasileira Sub-18 de Natação Paralímpica.