CURSOS DE ARTESANATO CRIAM FONTE DE RENDA PARA MULHERES DE BARCARENA


CURSOS DE ARTESANATO CRIAM FONTE DE RENDA PARA MULHERES DE BARCARENA
CURSOS DE ARTESANATO CRIAM FONTE DE RENDA PARA MULHERES DE BARCARENA

Em uma grande sala, dezenas de mulheres com idades, perfis e histórias de vida diferentes. Em comum, elas têm o gosto por artesanato e o sonho de uma vida mais próspera e feliz a partir da arte. Os instrumentos de trabalho e de aprendizagem são tintas, pincéis, jornais, linhas e agulhas de crochê. 

Elas são alunas de quatro cursos ofertados pela prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult): arte em fita, pintura em tecido, tapeçaria em crochê e arte com canudinhos e jornais. Com quarenta alunas matriculadas, a capacitação profissional tem o objetivo de empoderar e criar fonte de renda para mulheres de baixa renda de Barcarena.

De acordo com Suelita Costa, coordenadora de Cursos e Oficinas da Secult, a capacitação vai muito além de uma alternativa de renda. "As pessoas buscam o curso como uma terapia e, depois de um mês, já podem ganhar dinheiro com as vendas do artesanato. Temos casos de mulheres que abriram ateliê e mudaram de vida a partir do contato com as artes. Cada capacitação é ferramenta de transformação social e empoderamento feminino", disse.

Os cursos ofertados pelo executivo municipal são gratuitos e recebem alunos de vários perfis e idades. A artesã Márcia Saraiva, de 50 anos, trabalha com reaproveitamento de materiais recicláveis há mais de uma década. Mesmo assim, não perde a oportunidade de se aperfeiçoar nas capacitações da Secult. "Me matriculei em arte com jornais e estou gostando muito porque tenho a chance de interagir com outras pessoas e aperfeiçoar minha técnica com os instrutores", afirmou.

Quem nunca teve contato com o artesanato também é bem recebido. A dona de casa Antônia Conceição é testemunha disso. Depois de enfrentar a depressão em decorrência de um divórcio conturbado, ela foi orientada por uma psicóloga a se matricular nos cursos de artesanato da prefeitura. Agora, além de se fortalecer na companhia de outras mulheres, ela quer empreender para gerar renda a partir dos objetos que produz. "O curso me ajudou a sair da solidão e a enfrentar meus problemas com mais firmeza e otimismo. Vou aprender outras técnicas aqui e, em breve, vou conseguir pagar minhas contas com o artesanato que faço", destacou.

Serviço - Os cursos em andamento seguem até o final deste mês. As matrículas para as novas turmas, que começam em março, abrem na próxima segunda-feira (18). Para se inscrever, basta apresentar RG e comprovante de residência no prédio da Secult, localizado no Centro de Exposição Cultural, em Barcarena Sede. 

Os cursos são gratuitos. Podem se matricular mulheres a partir de 14 anos. As aulas ocorrem de segunda a quinta-feira, de 8h30 às 11h30.