PREFEITO DE BARCARENA DEIXA UM GRANDE LEGADO PARA O MUNICÍPIO


PREFEITO DE BARCARENA DEIXA UM GRANDE LEGADO PARA O MUNICÍPIO
PREFEITO DE BARCARENA DEIXA UM GRANDE LEGADO PARA O MUNICÍPIO

A morte do prefeito Antônio Carlos Vilaça foi recebida com tristeza pelos moradores de Barcarena, na manhã deste domingo (8). Aos 65 anos, ele teve um infarto em casa e não resistiu. Vilaça estava no segundo mandato de prefeito e, nos últimos anos, fez significativas transformações em uma das mais importantes cidades do Pará.

Antônio Carlos Vilaça venceu as eleições de outubro de 2012, com mais de 62% dos votos. Seu lema era fazer a mudança em Barcarena. Ele imprimiu um novo jeito de governar, fazendo com que a gestão fosse mais técnica, profissional e transparente. Para isso, teve de capacitar servidores e reorganizar a administração.

Vilaça era focado no planejamento e foi com muitos planos que ele conseguiu realizar obras importantes para Barcarena em áreas prioritárias como a saúde e educação. Em seis anos, revitalizou 73 escolas, colocando ar condicionado em todas, construiu outras 14 unidades de ensino, com alto padrão de qualidade.

Obras que foram paralisadas pela União foram assumidas pela gestão municipal e entregues pelo prefeito, como três creches para crianças entre 1 e 3 anos. Outras quatro estão sendo finalizadas e serão entregues ainda este ano. Nas inaugurações, Vilaça costumava dizer que o dinheiro público tinha que ser bem aplicado com transparência e responsabilidade.

Na saúde, Vilaça construiu e colocou para funcionar 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS), conquistando um feito histórico: Barcarena tem 100% de cobertura na ateção básica. Vilaça terminou a construção e equipou a UPA 24 horas, que, por sinal, está sendo ampliada por determinação do prefeito. Vilaça determinou também a construção do novo Hospital Municipal, em substituição ao antigo, na Vila dos Cabanos. Barcarena também vai receber no fim deste ano uma UBS Fluvial para atender as famílias ribeirinhas, por decisão de Vilaça.

O prefeito deixa Barcarena com vários canteiros de obras: um grande complexo esportivo sendo erguido na Vila dos Cabanos, a nova orla da praia do Sirituba, na Ilha Trambioca, o novo complexo comercial e a nova orla de Barcarena-Sede, novas escolas em construção, no Furo do Nazário, na ilha das Onças, no Arapari e no Jardim Cabano.

Mas não era somente de obras que Vilaça se preocupava. Ele tinha carinho especial por idosos e pelo bem-estar das famílias. Por isso, investiu na melhoria das instalações dos espaços cuidados pela Secretária de Assistência Social e pelos projetos de promoção humana. Exemplo disso foi a inauguração do abrigo para adolescentes em risco social.

Vilaça foi um dos poucos prefeitos do Brasil a implementar na gestão os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Ele entendeu que era possível fazer a diferença nos pequenos e grandes atos em favor de uma sociedade melhor, promovendo ações que diminuíssem as desigualdades entre as pessoas e que preservassem o meio ambiente. Hoje, Barcarena é referência nacional e internacional nos cumprimentos das ODSs.

PARCERIAS – Todas as obras feitas na gestão Vilaça não seriam concretizadas sem a ajuda de bons parceiros. Era o que o prefeito dizia sempre. Vilaça tinha apoio da Câmara Municipal, do deputado estadual Renato Ogawa, da bancada federal e do governo estadual para realizar os grandes empreendimentos. Gratidão era a palavra de ordem do gestor.  Sempre dividiu o sucesso de suas ações com sua equipe de governo.

TRAJETÓRIA - Natural de Conselheiro Pena, cidade de Minas Gerais, Vilaça chegou a Barcarena há cerca de 30 anos. No município paraense, ele fez carreira empresarial e se destacou no setor de logística e engenharia, antes de ser prefeito em 2013. Ao assumir a prefeitura, disse que queria retribuir ao município todo o bem que recebeu na cidade.