PROJETO AUXILIA SAÚDE FÍSICA E MENTAL DOS SERVIDORES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA


PROJETO AUXILIA SAÚDE FÍSICA E MENTAL DOS SERVIDORES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA
PROJETO AUXILIA SAÚDE FÍSICA E MENTAL DOS SERVIDORES DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Com o objetivo de resguardar a saúde física e mental dos servidores da Vigilância Sanitária, a prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusb), está executando o projeto 'Cuidando para Cuidar', com sessões terapêuticas antes de cada expediente no órgão. Nas próximas etapas, a iniciativa deve alcançar outras categorias que também estão na linha de frente do combate à pandemia do novo coronavírus.

A atividade busca o fortalecimento físico, psicológico e espiritual dos colaboradores. "É muito importante que nossos profissionais tenham a assistência necessária para enfrentar a rotina, sobretudo nesses tempos de pandemia. O medo de sair às ruas é relatado por vários colaboradores, então queremos minimizar os impactos na saúde deles, com o suporte físico, mental e até espiritual", afirmou a psicóloga Laura Thayná Dias, que elaborou o projeto.

Os participantes aprovaram a iniciativa. "Nós, como profissionais da saúde, escolhemos cuidar das pessoas. Com o surgimento da pandemia, tivemos uma enorme mudança em nossa rotina. Estamos aprendendo, por meio de técnicas de relaxamento e psicoterapia, a lidar com nossas ansiendade e medos. E isso tem nos ajudado muito, nos fortalecendo para juntos vencermos essa pandemia", disse Yasmin Silva, fisioterapeuta e integrante da equipe multidisciplinar da Vigilância Sanitária de Barcarena.

Os servidores do órgão atuam na fiscalização e na orientação para o cumprimento dos decretos municipais e estaduais que visam diminuir os índices de infecções pelo novo coronavírus no município. Portanto, são profissionais que também estão na linha de frente do combate à pandemia - assim como médicos, enfermeiros, policiais, agentes de limpeza, etc.

As sessões do 'Cuidando para Cuidar" duram, em média, vinte minutos. "A prefeitura zela pela população, mas não esquece os servidores, que são fundamentais para conter o avanço da covid-19 em Barcarena", concluiu Laura Thayná Dias.