O prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, participou nesta quinta-feira (18), em Belém, do seminário que discute o desenvolvimento econômico e " /> O prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, participou nesta quinta-feira (18), em Belém, do seminário que discute o desenvolvimento econômico e " /> O prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, participou nesta quinta-feira (18), em Belém, do seminário que discute o desenvolvimento econômico e " />

PREFEITO PARTICIPA DE SEMINÁRIO SOBRE BARCARENA


PREFEITO PARTICIPA DE SEMINÁRIO SOBRE BARCARENA
PREFEITO PARTICIPA DE SEMINÁRIO SOBRE BARCARENA

O prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, participou nesta quinta-feira (18), em Belém, do seminário que discute o desenvolvimento econômico e os impactos de grandes projetos no município. O evento foi organizado pelo Ministério Público Federal, com apoio da prefeitura, e vai se estender até amanhã. Especialistas da área de gestão e meio ambiente participam do encontro. "É de relevante importância para Barcarena", disse Vilaça, ao agradecer o MPF pela iniciativa.
 
O prefeito compôs a mesa de abertura e destacou as parcerias em favor do desenvolvimento sustentável de Barcarena. Ele disse que o município é alvo de interesse de empresas que querem se instalar na cidade, mas manifestou preocupação com os sucessivos acidentes ocorridos desde que o polo industrial foi criado no município. "Já tivemos mais de vinte acidentes ao longo desses anos", lembrou o prefeito. O último foi o naufrágio do navio Haidar.
 
Vilaça lembrou que o desastre ambiental causado pelo acidente no porto de Vila do Conde, em outubro de 2015, pegou todo mundo desprevenido porque nãohavia um plano de emergência para ser aplicado. "Se não for tomado providências agora, no futuro nossos problemas serão maiores", disse o prefeito, ao sugerir a construção de ações coletivas, apoiadas pelo Ministério Público. O prefeito disse ainda que quando ocorre um acidente ambiental no município é a população quem sofre.
 
Executivos empresariais, acadêmicos e lideranças comunitárias de Barcarena participaram do seminário. Em geral, a discussão girou em torno da temática do diálogo que deve existir na sociedade para garantir a sustentabilidade dos projetos econômicos, que podem ser instalados na cidade, mas sem deixar danos ao município. Além do prefeito Vilaça, participaram do seminário a secretária de Meio Ambiente de Barcarena, Juliana Nobre, o secretário adjunto Jun Muto, e a diretora de Planejamento da Semade, Lúcia Cardoso Paixão.