OFICINAS VALORIZAM CULTURA AFRO-BRASILEIRA EM BARCARENA


OFICINAS VALORIZAM CULTURA AFRO-BRASILEIRA EM BARCARENA
OFICINAS VALORIZAM CULTURA AFRO-BRASILEIRA EM BARCARENA

Uma parceria entre a Secretaria de Assistência Social da prefeitura de Barcarena, por meio da Coordenadoria de Políticas para as Mulheres, e a Associação Cultural e Esportiva de Negros na Amazônia (Acena), promoveu neste sábado (27), três oficinas dentro do projeto Empodera Mulher Negra Barcarena. A programação aconteceu pela manhã no salão de eventos da igreja de São Francisco Xavier, com as oficinas de dança, percussão e cabelo. 

A oportunidade de fazer um penteado diferente atraiu homens e mulheres para a oficina de trança afro. A coordenação do projeto trouxe convidados de Belém para ministrar os trabalhos. O resultado foi surpreendente e agradou os participantes. Quem gosta de música teve a chance de aprender a tocar na oficina de percussão afro. Outro destaque do dia foi a oficina de dança, que chamou a atenção principalmente dos jovens barcarenenses.

O projeto Empodera Mulher Negra Barcarena é parte de um conjunto de ações da prefeitura que tem como objetivo valorizar e promover os direitos de todas as mulheres. "Estamos trabalhando a Mulher em toda a sua diversidade", explicou Tânia Oliveira, coordenadora de Políticas para as Mulheres da prefeitura de Barcarena. Além das oficinas, o projeto realiza hoje na cidade a seletiva do concurso Beleza Negra Barcarenense.

20 candidatas ao título foram inscritas no concurso. Todas são jovens de Barcarena maiores de 18 anos. A vencedora vai disputar o Beleza Negra estadual, que deve acontecer em novembro em Belém. A escolha da barcarenense negra vai acontecer nesta noite, às 20h, no salão paroquial da Matriz. "Estamos muito satisfeitos com essa parceria com a prefeitura", disse Harles Oliveira, presidente da Acena, que é parceira do concurso de beleza.