FEIRA DO PEIXE VIVO OFERTA 10 TONELADAS DE TAMBAQUÍ


FEIRA DO PEIXE VIVO OFERTA 10 TONELADAS DE TAMBAQUÍ
FEIRA DO PEIXE VIVO OFERTA 10 TONELADAS DE TAMBAQUÍ

A sexta edição da Feira do Peixe Vivo iniciou nesta quarta-feira (28) com a oferta de dez toneladas de Tambaqui ao custo único de R$ 6 reais o quilo. A ação, promovida pela prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria de Agricultura (Semagri), objetiva proporcionar alimento de qualidade a todas as famílias durante a Semana Santa, e segue até esta quinta-feira, 29.

De acordo com o Secretário Paulo Ronildo, a feira está sendo um sucesso e a limitação de cinco quilos por pessoa vai possibilitar que muitos tenham acesso ao alimento. “A quantidade de dez toneladas é suficiente para atender a muitas famílias. O nosso prefeito está oportunizando para que as pessoas tenham a mesa peixe de qualidade durante a Semana Santa, com a prefeitura subsidiando metade do preço”, ressaltou.

De acordo com a diretora do Departamento de Pesca da Semagri, Leonice Castro, a feira do produtor rural, em Barcarena-sede, é o maior ponto de vendas com 2,5 toneladas de peixe para a população: “A expectativa é vender tudo. A feira iniciou em 2013 com cinco toneladas de peixe. Hoje já alcançamos dez toneladas porque a produção está em alta no município. Ano que vem a oferta será maior porque a demanda sempre aumenta”, explicou. Toda a produção ofertada na Feira do Peixe Vivo deste ano é proveniente da Associação dos Pescadores Artesanais Guajará da Costa, na Ilha Trambioca.

O aposentado João Climaco Alves estava bastante satisfeito com a oportunidade: “Vou comprar quatro quilos. É a primeira vez que venho e estou achando tudo muito especial. O peixe está bom de preço e é da nossa região”. A manicure Lucinalva da Silva, de Tucuruí, vai passar a Semana Santa em Barcarena pela primeira vez e estava ansiosa na fila: “Quero comprar três quilos de Tambaqui para fazer sexta-feira”. Na feira do Bairro Novo foram disponibilizados 900 quilos de tambaqui, e 330 quilos na comunidade do Cafezal.

Nesta quinta-feira, 29, serão comercializadas mais de seis toneladas de peixe nos seguintes pontos de venda: Rua Félix Clemente Malcher, no bairro do Pioneiro; praça da Matriz, em frente à Igreja São Tomé, no Laranjal; bairro Renascer com Cristo; Centro Comunitário de Vila do Conde; Centro Comunitário do São Francisco; e Comunidade Vila Nova, em Itupanema.