BARCARENA NA LUTA CONTRA ABUSO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES


BARCARENA NA LUTA CONTRA ABUSO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES
BARCARENA NA LUTA CONTRA ABUSO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

A campanha nacional contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes chega a sua maioridade no próximo dia 18 de maio. São 18 anos de mobilizações, discussões e propostas de combate a violação dos direitos de milhares de brasileirinhos e brasileirinhas. E Barcarena está engajada nessa luta.

Através das secretarias municipais de Assistência Social, Educação e Saúde, a prefeitura de Barcarena tem ampliado e aperfeiçoado os métodos de enfrentamento à violação de direitos de forma integrada. Com debates, rodas de conversas técnicas, mobilizações nas ruas, salas de aula e ainda levando o tema como pauta para a Assembleia Legislativa, a Semas está organizada para intensificar os trabalhos de combate à violação dos direitos sexuais de meninos e meninas no mês de maio.

A Coordenadora da Proteção Social Especial, Cláudia Fonseca, explica que a campanha foi pensada a partir da escuta nas reuniões com as Coordenações dos Centros de Referência de Assistência Social – Cras e Centro de Referência Especializada de Assistência Social - Creas, no intuito de fomentar estratégias como diálogos e produções artísticas que conduza a quebra do silêncio. “Cada coordenador favoreceu um olhar específico sobre seu território e isso foi importante para que o alcance fosse personalizado para aquele público, já que cada território tem a sua especificidade em vulnerabilidade e risco”, afirmou.

O ápice da programação vai acontecer exatamente no dia 18, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Será o Seminário Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. “Pretendemos dar o ponta pé inicial para a elaboração do Plano Municipal de Enfrentamento em conjunto com todos os atores envolvidos na proteção”, explicou Cláudia, ressaltando que a construção do plano é um dos compromissos da gestão frente ao enfrentamento.

Os Cras já inciaram os trabalhos de produção nos coletivos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e estão equipados para levarem a mensagem de proteção. “Aliada a avaliação que realizamos, previamente, vamos para o campo, para as comunidades mais distantes, levar conhecimento, tirar dúvidas, divulgar locais de atendimento e potencializar parcerias”, afirmou a secretária adjunta de Assistência Social, Odete Pantoja.

HISTÓRIA - O dia nacional da luta contra essa violação de direito faz referência ao dia 18 de maio de 1973, quando uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. O crime ficou conheceido como “Caso Araceli”.

Confira a programação completa das atividades em Barcarena:
 
14 à 17/05 - Rodas de conversa com técnicos das secretarias municipais;

15/05 (terça-feira), às 9h, na Câmara – Participação na Sessão;

18/05 (sexta-feira), de 9h às 16h, na igreja Assembleia de Deus;

A partir do dia 19/05 - Caminhadas, palestras e panfletagens nas áreas de abrangência dos Cras.