PREFEITURA DE BARCARENA TEM OBRAS NO CAMPO E NA CIDADE


PREFEITURA DE BARCARENA TEM OBRAS NO CAMPO E NA CIDADE
PREFEITURA DE BARCARENA TEM OBRAS NO CAMPO E NA CIDADE

Construção e reforma de escolas, creches, postos de saúde, ruas asfaltadas, água nas ilhas, sinalização de ruas e pontos turísticos. Essas são algumas das muitas obras que a prefeitura de Barcarena está dando andamento neste começo de ano. Orientado pelo prefeito Antônio Carlos Vilaça, o secretário de Infraestrutura, Rui Cabral, coordena os trabalhos que estão mudando a cara da cidade. “Até o final do ano, a gente vai fomentar ainda mais o trabalho da Secretaria, com mais ações e com dias melhores para o nosso cidadão barcarenense”, disse ele à Assessoria de Comunicação. Confira a entrevista.

Ascom - Quais as prioridades da Semdur para 2016?

Rui – Primeiramente, dar sustentação para o governo. Nós desenvolvemos ações que são voltadas para o interesse da comunidade. E, paralelamente a isso, desenvolver as ações das outras secretarias que são parceiras nossas. Apesar de sermos uma secretaria fim, também devemos participar como secretaria meio, principalmente nas ações da Secretaria de Saúde, na Secretaria de Educação, na parte de engenharia dessas secretarias. Essas são nossas metas para 2016. Além do nosso dia a dia, que é cuidar da nossa cidade e, de maneira ordenada, definir planos para desenvolver as nossas ações.

Ascom – Que orientações o senhor recebeu do prefeito Antônio Carlos Vilaça quando chegou aqui cinco meses atrás?

Rui -  Em primeiro lugar, foi dar continuidade às ações iniciadas pelo ex-secretário e implantar um novo sistema de trabalho, valorizando a parte de pavimentação na parte urbana, sem nunca esquecer as vicinais. Tanto que hoje nós estamos desenvolvendo um trabalho extenso dentro das vicinais e dos ramais. Basicamente, implantar ações novas que é o que fazemos hoje, principalmente na parte de pavimentação e asfaltamento.

Ascom – Que ações novas são essas?

Rui – Dar uma sustentação maior no abastecimento de água. O município ainda encontra alguma dificuldade nesse setor. Para isso foi criada uma agência reguladora, que observa os serviços que foram terceirizados através da empresa Águas de São Francisco. No caso, implantar nossos sistemas, melhorar e estender o abastecimento; e também recuperar ruas que foram abandonadas ou que nunca receberam tratamento ou que estão se deteriorando por falta de manutenção.

Ascom – Onde estão essas ações de pavimentação?

Rui - Priorizamos um programa que é de combate à poeira e à lama. Hoje ele está sendo desenvolvido no bairro da Pedreira e do Pioneiro. Fizemos, recentemente, a recuperação da estrada da Praia do Caripi, que é um importante polo turístico não só de Barcarena, mas do estado do Pará. E agora, nos próximos dias, nós já iniciaremos também a pavimentação asfáltica em Itupanema. Recuperaremos 3,6 km de asfaltamento.

Ascom – E além disso?

Rui – Estamos melhorando as nossas praças, com reformas. As nossas vicinais também. Estamos tratando delas para que a gente passe o inverno sem muitos problemas.

Ascom – Como se deu o processo de sinalização e identificação das ruas de Barcarena?

Rui – O que havia de sinalização em Barcarena se perdeu no tempo. Principalmente, Barcarena, Vila dos Cabanos e a Vila do Conde já são centros urbanos. E quando você chega nesses lugares, que você procura identificação de ruas, você não encontra. Então, essa foi uma determinação expressa do próprio prefeito em identificar as vias, com as plaquetas de identificação para que as pessoas possam chegar ao seu destino corretamente. Paralelamente à identificação das ruas, estamos fazendo a sinalização turística. Até porque Barcarena também é uma cidade turística.

Ascom – Diante das obras de melhoria da cidade, como está a relação da Semdur com a comunidade?

Rui – Nós estamos sendo bem recebidos. A comunidade tem participado ativamente, principalmente no sentido de ter a paciência quando estamos operando (nas ruas). Os moradores têm entendido o nosso trabalho. Tanto que, quase que diariamente, em razão do trabalho que vem se desenvolvendo dentro do município, nós temos recebido solicitação de mais asfaltamento.

Ascom – O senhor acha que é possível atender todas as demandas em curto prazo?

Rui – A vontade é essa. Mas a demanda é muito grande e os recursos não são suficientes e, por isso, temos que priorizar alguns bairros e as principais ruas. Hoje a nossa prioridade é levar asfalto para os bairros mais necessitados. No Pioneiro, já temos cinco quilômetros selados. Deveremos asfaltar mais lá dentro.

Ascom – Há uma previsão de entrega de obras que estão em andamento como a construção de unidades básicas de saúde, creches e escolas?

Rui – Sim, com toda certeza. Até porque temos uma obrigação contratual e prazos a cumprir. Principalmente a parte de creches, devemos entregar até o final de fevereiro umas três unidades. As 16 UBSs deverão ficar prontas, umas sete, até o final de fevereiro. O restante das obras deve ser entregue até o final do ano. Hoje, só a Semdur tem 18 obras em andamento, fora as das outras secretarias que somam quase 60 obras em andamento. Você vê um volume de obras muito grande.

Ascom – A sua avaliação é positiva com relação aos trabalhos da Semdur?

Rui – Olha, eu tenho uma expectativa muito grande. Eu sempre acredito que amanhã vai ser melhor do que ontem. Até o final do ano, a gente vai fomentar ainda mais o trabalho da Secretaria, com mais ações e com dias melhores para o nosso cidadão barcarenense.