MINICURSO TRATA SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DOS ODS


MINICURSO TRATA SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DOS ODS
MINICURSO TRATA SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DOS ODS

Dos 16 minicursos oferecidos aos participantes do Simpósio Nacional de Fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, que começou ontem na Vila dos Cabanos, um tratou sobre a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS. A experiência de Barcarena, município que aderiu aos ODS em 2015, foi compartilhada entre as dezenas de pessoas que participaram do minicurso, na tarde desta quarta-feira (8).

São 17 os objetivos para transformar o mundo. Eles foram estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e assumidos pelos governos de vários país, entre eles, o Brasil. Os municípios brasileiros que já aderiram a essa agenda procuraram adequar seus planos de governo aos ODS. Foi o caso de Barcarena, um dos pioneiros nesse engajamento e que já recebeu certificação por ter alcançado metas importantes na área da saúde e do empreendedorismo, por exemplo.

Pelo grau de comprometimento em implementar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, o prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, foi reconhecido nacionalmente em encontros da Rede ODS. Ontem, durante a abertura do Simpósio Nacional do Sistema de Garantia de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, ele foi enfático ao afirmar seu compromisso com a causa. “Investir na criança e no adolescente é obrigação de governo”, disse Vilaça.

Melhorar a saúde, educação e a preservação do meio ambiente são algumas metas que devem ser alcançadas até 2030 dentro dessa nova agenda de desenvolvimento, que foi iniciada com os ODM (Objetivos do Desenvolvimento do Milênio). Para a ONU, os 17 objetivos são um guia, capaz de levar a sociedade civil e o poder pública a combater a pobreza e as desigualdades sociais em todo o planeta. E cada país, estado e, sobretudo, os municípios, fazem parte dessa luta.

Em Barcarena, a prefeitura, ao elaborar o plano de governo pautado nos ODS, impulsionou ações que já contemplam a agenda da ONU e procurou avançar nas áreas mais desafiadoras. Cada secretaria do município está associada a um ou mais selos do ODS, cuja marca está identificada nas peças de publicidade e em diferentes produtos de comunicação pública. Como se vê, os objetivos da ONU, em Barcarena, vão se tornando realidade.