PREFEITO DIZ QUE É NECESSÁRIO TER NOVO PLANO DIRETOR


PREFEITO DIZ QUE É NECESSÁRIO TER NOVO PLANO DIRETOR
PREFEITO DIZ QUE É NECESSÁRIO TER NOVO PLANO DIRETOR

 

O prefeito de Barcarena, Antônio Carlos Vilaça, disse nesta quinta-feira, 12, que o município precisa atualizar a lei que rege o planejamento da cidade para os próximos dez anos. O chamado Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) passou por uma revisão e agora deve ser aprovado pelos representantes do poder público e setores da sociedade civil organizada. “A lei em vigor já está obsoleta”, disse Vilaça. “Se não tivermos um novo Plano Diretor, o que acontece? Acontece o que estamos vendo hoje. Temos várias ocupações no município”, observou o prefeito.

Questões como habitação e infraestrutura na cidade são alguns dos pontos importantes contidos no PDDU de Barcarena. O prefeito disse que os desafios dos dias atuais são enormes e merecem muita atenção. “Em menos de 30 anos, nós saltamos de 30 mil para 112 mil habitantes. Só com o Plano Diretor é possível fazer o planejamento da cidade para daqui a dez anos”, disse. Os desafios socioeconômicos, ambientais, saneamento, mobilidade e acessibilidade também entraram na pauta de discussões do Plano Diretor de Barcarena. O processo de construção do novo PDDU começou em 2014.

Cerca de 1.100 pessoas foram inscritas para participar da audiência geral pública, que se iniciou na manhã de hoje, no ginásio municipal, em Barcarena-Sede. Os participantes representaram as diferentes comunidades e núcleos do município, onde foram realizadas as pré-audiências do PDDU, eventos previstos no Estatuto da Cidade. Durante a manhã, a equipe do Núcleo Gestor leu a minuta da nova lei do PDDU, que também será encaminhada para aprovação na Câmara de Vereadores. O processo de revisão do Plano Diretor (2016-2026) teve ampla participação da sociedade, divulgou a prefeitura.