O 1º DIA DE AULA NA NOVA ESCOLA MARIA CECÍLIA


O 1º DIA DE AULA NA NOVA ESCOLA MARIA CECÍLIA
O 1º DIA DE AULA NA NOVA ESCOLA MARIA CECÍLIA

O barulho das máquinas e operários foi substituído, nesta segunda-feira (5), pela movimentação de estudantes; Ao todo são 850 divididos nos turnos da manhã (7h às 11h) e tarde (14h às 18h). No primeiro dia de aula na nova escola Maria Cecília, o olhar dos alunos estava repleto de surpresa e curiosidade, com salas lotadas, falatório, correria e muita vontade de aprender.

Aluno da 4ª série, Diego Furtado, de oito anos, aproveitou o intervalo do lanche para caminhar pela unidade de ensino. A cada novo espaço descoberto, uma alegria diferente. "O prédio é muito bonito. Tem um auditório grande e quadra pra gente brincar", falou entusiasmado. Já a estudante da 5ª série, Maria Eduarda, de 10 anos, conta que ficou surpresa ao entrar no colégio pela primeira vez. "Falei: uau. A gente tem laboratório, tem ar condicionado nas salas, é tudo bonito e limpinho", disse.

A felicidade de estar em um ambiente novo e moderno também é compartilhada pelos professores e servidores da unidade de ensino. Com anos de experiência em sala de aula, a educadora Adelina Batista se emociona ao falar do espaço recém-inaugurado. "Só de olhar a entrada da escola a gente já sente uma energia diferente, uma emoção sem tamanho. Os alunos estão encantados e nós também, pois nosso antigo prédio era precário e difícil de estudar e trabalhar. Sem dúvidas, a escola reflete o valor que a educação tem na atual gestão", destacou.

Com a imponência da obra de dois pavimentos, a direção da Maria Cecília tem enfrentado, digamos, um problema saudável: o interesse de estudantes matriculados em outras unidades de ensino, inclusive da rede privada. "Toda hora tem solicitação de matrícula de alunos de outros colégios que querem vir pra cá, que passam aqui na frente e ficam pedindo a mudança de escola aos pais", afirmou Márcia Amin, diretora da unidade. 

Empreendimento - Inaugurada no dia 14 de julho, a escola conta com 18 salas de aula, além de auditório, biblioteca, laboratório de informática e de ciências, refeitório e quadra poliesportiva. Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, o espaço possui, também, um moderno painel de energia solar e sistema de iluminação de led, adequando a obra ao que há mais moderno em sustentabilidade e defesa do meio ambiente.