DISCUSSÃO SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS REÚNE CENTENAS DE PESSOAS EM BARCARENA


DISCUSSÃO SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS REÚNE CENTENAS DE PESSOAS EM BARCARENA
DISCUSSÃO SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS REÚNE CENTENAS DE PESSOAS EM BARCARENA

O I Fórum de Resíduos Sólidos Urbanos de Barcarena lotou o auditório principal e diversas salas de aula da escola municipal Maria Cecília Vasconcelos, em Barcarena-Sede, nesta sexta-feira (17). Com debates, exposições e oficinas, a programação foi realizada pelo Programa Sustentar Barcarena, uma parceria entre Alunorte, Albras e Prefeitura.

O objetivo do evento foi promover a reflexão, a troca de experiências e a conectividade de ações positivas na gestão de resíduos sólidos urbanos. "Para avançar nesse tema tão necessário, precisamos do apoio de diversos agentes, incluindo iniciativa privada e sociedade civil. Barcarena tem potencial para ser referência no tratamento de resíduos sólidos e esse espaço, de ideias e de planejamento, é uma importante etapa no processo", afirmou a secretária municipal de Meio Ambiente, Juliana Nobre, que representou o prefeito Paulo Alcântara na agenda.

Segundo Luana Carvalhosa, gerente sênior de Programas Sociais da Hydro, o Fórum é uma das ações que o Programa Sustentar desenvolve em Barcarena. "Apoiamos o município na implantação do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em diversas frentes, como a organização social dos catadores e a entrega de uma unidade de triagem para Barcarena. Nessa iniciativa, de forma conjunta, a gente discute as ações voltadas à coleta seletiva e direitos e deveres do cidadão em relação aos resíduos sólidos", garantiu.

Para o representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, Eduardo de Paula, as discussões no Fórum de Barcarena reforçam a relevância da categoria para a sociedade. "Nosso trabalho é indispensável para a defesa do meio ambiente. Se cada um fizer a sua parte na coleta seletiva e na implantação de políticas públicas, como estamos planejando agora, vamos otimizar o tempo, aumentar nossa produção e garantir muito mais renda aos catadores", disse.

Até o final de 2020, está prevista a implantação da unidade de triagem de resíduos recicláveis em Barcarena. O projeto de engenharia prevê que a unidade terá capacidade para processar 40% dos resíduos recicláveis coletados no município, em uma taxa de triagem de 280 toneladas por mês. O material será oriundo de coleta seletiva realizada pela Prefeitura.

Sustentar - Para dar suporte à implantação da gestão de resíduos sólidos do município, o Programa Sustentar foi criado em março de 2018. A iniciativa prevê a inclusão social dos catadores de materiais recicláveis; a utilização da educação ambiental como uma política pública estruturante e a implantação de uma unidade de triagem de resíduos recicláveis.

O PEA Sustentar, como é chamado o eixo da educação ambiental, tem atuado na construção de ambientes educativos destinados ao engajamento, sensibilização, formação e instrumentalização dos diversos segmentos da sociedade barcarenense. Para isso, são criados espaços educativos, tais como rodas de conversa, diálogos comunitários, cineclubes, oficinas educativas, fóruns de debate, formação de agentes multiplicadores, além da produção e distribuição de materiais educativos, entre outras atividades.