PREFEITURA CRIA SISTEMA DE MONITORAMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR DE BARCARENA


PREFEITURA CRIA SISTEMA DE MONITORAMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR DE BARCARENA
PREFEITURA CRIA SISTEMA DE MONITORAMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR DE BARCARENA

Dando prosseguimento ao desafio de informatizar a administração pública, a prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), criou o Sistema de Monitoramento da Agricultura Familiar (Sismaf), que dá mais celeridade no acesso às informações do setor no município.

A plataforma, que funciona como um grande banco de dados, também disponibiliza a emissão online da declaração e da carteira de produtor rural, após cadastro prévio na sede da secretaria. Para os órgãos governamentais, o sistema possibilita o levantamento detalhado de informações sobre a produção local, além de obter respostas de maneira mais ágil a respeito da agricultura familiar de Barcarena.

De acordo com o Jociney Andrade, engenheiro agrônomo da Semagri, o sistema representa avanços significativos no município. “De qualquer local com acesso à internet, o produtor rural pode navegar no Sismaf e utilizar os serviços disponíveis. Além disso, com o banco integrado de informações, vai ser mais rápido escoar a produção local, colocando os agricultores em contato com os comerciantes, por intermédio da secretaria”, disse.

O processo de criação do sistema durou cerca de quatro meses. Técnicos da Semagri foram à campo para fazer o cadastro dos produtores rurais de Barcarena, catalogando as principais informações do setor em um aplicativo interno e, em seguida, no site do Sismaf. Atualmente, 186 produtores rurais de Barcarena estão cadastrados na plataforma. O objetivo é expandir esse número nos próximos meses.

Serviço - Para se cadastrar no sistema, é necessário apresentar, no prédio da Semagri (PA 151, SN, próximo da Escola Querubim, em Barcarena-Sede), RG e um número de contato telefônico. Após a solicitação, os técnicos da pasta visitam a área rural para fazer o diagnóstico detalhado (social, econômico e técnico) do produtor e inseri-lo no Sismaf.