CONSTRUÇÃO DO COMPLEXO COMERCIAL DE BARCARENA-SEDE EM RITMO ACELERADO


CONSTRUÇÃO DO COMPLEXO COMERCIAL DE BARCARENA-SEDE EM RITMO ACELERADO
CONSTRUÇÃO DO COMPLEXO COMERCIAL DE BARCARENA-SEDE EM RITMO ACELERADO

A construção do Complexo Comercial de Barcarena-sede segue em ritmo acelerado. O espaço vai abrigar os trabalhadores da feira, da vila manteiga e do mercado de carnes. Orçada em mais de 13 milhões de reais, a obra, quando ficar pronta no final do primeiro semestre desse ano, vai ter 350 boxes para a venda de produtos, praça de alimentação e dois restaurantes.

“Já estamos com cerca de 70% de obra executada”, contou o engenheiro Matias Costa, que faz parte da equipe da Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Semdur), responsável pelo acompanhamento dos trabalhos.

Segundo o engenheiro, na área do mercado, primeira parte da obra, a equipe está concluindo a montagem da cobertura e iniciando o acabamento. Já na praça de alimentação, foi iniciada a montagem da cobertura. “Estamos iniciando também a drenagem no entorno da obra”, explicou Matias Costa.

A estrutura está sendo erguida na avenida Cronge da Silveira, numa das mais importantes obras da atual gestão e motivo de orgulho para quem trabalha no local. “Se depender de mim, é só alegria. pensa num cara que está feliz. Do jeito que está, já está bonita, imagina quando estiver pronta”, contou o soldador Lázaro Freitas, de 54 anos, que divide a alegria com o colega Leandro Silva, também soldador da obra. “Pra mim, é uma satisfação enorme. é muito gratificante poder trabalhar aqui. É uma realização profissional”, disse.

Para os feirantes que vão ocupar o espaço o momento é de expectativa e ansiedade. Trabalhador da velha feira coberta há 33 anos, Luiz Paulino se prepara para o novo momento que terá pela frente. “Já fiz o meu cadastro, vou fazer o curso de manipulação de alimentos, que é pra gente se atualizar. Eu estou muito ansioso porque sei que o espaço é melhor. Há muito tempo que a gente vem esperando uma melhora e essa melhora vai chegar agora", comemorou o feirante.