PREFEITURA DECRETA NOVAS MEDIDAS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL


 PREFEITURA DECRETA NOVAS MEDIDAS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL
PREFEITURA DECRETA NOVAS MEDIDAS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL

Mesmo com a expressiva redução da taxa de ocupação de leitos para covid-19 nas unidades de saúde do município, a prefeitura de Barcarena reconheceu a necessidade de adotar novas medidas de prevenção e de enfrentamento do coronavírus, que ainda está ativo entre a população. Por isso, o prefeito Paulo Alcântara determinou por decreto as regras de distanciamento social que passam a valer a partir desta quarta-feira, 1º de julho.

As praias de Barcarena estão liberadas, mas com restrição de horários para o funcionamento dos comércios. “Fica estabelecido que o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de atendimento ao público localizados nas praias do município será de 7h às 19h, de segunda a domingo”, diz o decreto. “Não será permitida a aglomeração de pessoas nas praias, com exceção de grupo familiar composto por, no máximo, dez pessoas”. Nesses ambientes, trabalhadores e clientes devem usar máscaras. E os estabelecimentos devem oferecer álcool gel.

Ainda seguindo recomendações da Secretaria de Segurança Pública estadual, a praia do Caripi (foto) será fechada às 17h. Após esse horário só se sai da praia, com o fechamento total dos comércios da orla às 19h. “A gente vai cumprir o que determina o estado”, esclareceu o secretário de Planejamento, Jacobson Estumano.

As medidas orientam a população sobre os serviços permitidos e as práticas adequadas para garantir o distanciamento social nos estabelecimentos públicos ou áreas privadas. O novo decreto mantém a obrigatoriedade do uso de máscara nas ruas e o uso do álcool gel para a higienização das mãos em bares, restaurantes e hotéis.

As mesmas medidas de higienização servem para os clientes de hotéis e pousadas, bem como para o transporte coletivo. A prefeitura de Barcarena vai manter a barreira sanitária nas entradas da cidade para verificar as condições de saúde das pessoas e orientar sobre o decreto. Quem apresentar sintomas da covid-19 na chegada ao município, poderá ser impedido de entrar no município. A prefeitura também não permitirá que ônibus de piquenique pernoitem na cidade.

FISCALIZAÇÃO – O decreto assinado pelo prefeito Paulo Alcântara também explica que a circulação de pessoas na cidade com febre alta, tosse, dor no corpo, ou qualquer outro sintoma da covid-19, só será permitida se for para a realização de consultas ou exames médico-hospitalares. A prefeitura determinou a fiscalização do cumprimento das medidas e poderá aplicar multas, em caso de desobediência, para pessoas físicas ou jurídicas.