PROFISSIONAIS SÃO HOMENAGEADOS PELO DIA INTERNACIONAL DA ENFERMAGEM


PROFISSIONAIS SÃO HOMENAGEADOS PELO DIA INTERNACIONAL DA ENFERMAGEM
PROFISSIONAIS SÃO HOMENAGEADOS PELO DIA INTERNACIONAL DA ENFERMAGEM

Em meio a uma pandemia, os profissionais da enfermagem são linha de frente diária na luta contra a Covid-19 em Barcarena. Como forma de reconhecimento, nesta quarta-feira, 12, Dia Internacional da Enfermagem, os servidores da rede pública municipal tiveram um dia de muitas homenagens. Enfermeiros e técnicos em enfermagem participaram de programações especiais recheadas de muitas homenagens.

“Nossa profissão vai do cuidado com as pessoas desde o nascimento até o fim da vida. Na pandemia, mais ainda, quando conseguimos ajudar as pessoas a se recuperarem, o sentimento é de gratidão. Então, comemorar essa data me deixa muito feliz, pela profissão que escolhi para servir quem precisa”, agradece o enfermeiro Marinaldo Ribeiro, que trabalha na UPA 24h e na UBS Conde, homenageado na escola Aloysio. Na programação, os profissionais receberam camisas e participaram de atividades especiais.

No Hospital Wandick, que enfrentou momentos difíceis com a pandemia do coronavírus, os parabéns contaram com distribuição de brindes, oração e leitura de carta em homenagem. “É uma oportunidade de valorizar nossos profissionais que estão dia a dia ao lado dos pacientes. Por isso eles merecem todas as homenagens, pois foram guerreiros na batalha contra a Covid-19 que continua”, destaca a diretora do Hospital, Cleise Jane. “Dia feliz e de celebrar nossa profissão e a vida”, disse Samanta de Sousa, gerente geral de enfermagem do Hospital.

Na rede pública municipal de Barcarena, são 390 profissionais, que se dedicam todos os dias no ramo da enfermagem, cuidando das pessoas. São anjos que não usam asas, e sim jalecos, parabeniza a enfermeira e secretária de saúde, Eugênia Teles. “A gestão deixa um agradecimento e reconhecimento especial a esses servidores, pois a enfermagem tem papel muito importante na saúde, mais ainda nesse tempo de pandemia”.