De segunda a sexta de 08:00 às 14:00          Av. Cronje da Silveira, 438 – 68445-000          (91) 3753-3457
IDENTIDADES RIBEIRINHAS É APRESENTADO AO PROJETO INOVAJUNTOS
As representantes do Projeto Inovajuntos, acompanhadas pela primeira-dama Thaís Gonçalves e a secretária municipal de Assistência, Francinéa Dias, participaram da segunda etapa da visita técnica ao município de Barcarena na manhã dessa quarta-feira (12), na Escola Furo do Nazário na Ilha das Onças.
A prefeitura de Barcarena, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, apresentou o Projeto Identidades Ribeirinhas como uma das boas práticas municipais e que deve agregar ao relatório do projeto de cooperação internacional, implementado pela Confederação Nacional dos Municípios com o Centro de Estudos Sociais de Coimbra e cofinanciamento da União Europeia.
A visita reuniu os alunos atendidos pelo projeto Identidades Ribeirinhas com uma exposição das fotos produzidas pela turma que está na fase conclusiva. “Hoje é o Dia das Crianças e não teria data melhor para apresentar esse trabalho que está dando muito certo. Um trabalho integrado com a educação e com a participação efetiva da família”, comentou Francinéa Dias.
O comitê técnico do projeto Inovajuntos permanece no município até o final da semana e vai reunir todas as informações coletadas para a produção do Diagnóstico Vocacional Participativo, uma das principais entregas do projeto, segundo a Assessora de Relações Internacionais, Rhaellyse Oliveira. “A ideia é pegar dados oficiais e com a realidade local vista durante esses dias, identificando potencialidades, fragilidades e desafios pra que a gente consiga com base nesse documento, construir um plano de trabalho”, completou.
A metodologia de trabalho do Inovajuntos envolve avaliação com quatro setores da sociedade: sociedade civil, setor público, setor privado e setor de ensino. O objetivo principal é fortalecer o desenvolvimento urbano integrado por meio de políticas públicas de inovação e sustentabilidade no Brasil, Portugal e América Latina”, resume Rhaellyse.
Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade